Festival gastronómico em Cabo Verde vai custar 2 milhões de Euros

O governo cabo-verdiano e empresários locais vão investir 2 milhões de euros no “Sal a Gosto”, Festival gastronómico.

O governo cabo-verdiano e empresários locais vão investir 2 milhões de euros no “Sal a Gosto”, Festival gastronómico, a decorrer no país em 2022. O objectivo é revitalizar o turismo.

O sector da restauração em Cabo Verde é um dos mais afectados pela crise pandémica. Erguer os negócios nesta área, atrair investimentos, manter os empregos e apostar na inovação e promoção do mesmo tem estado entre as prioridades, quer do governo, quer do empresariado.

Segundo apurou a FORBES, cerca de 2 milhões de euros serão investidos, no próximo ano, pelo governo cabo-verdiano e empresários locais, naquele que se prevê vir a ser um dos maiores eventos gastronómico do país, com o objectivo de promover e revitalizar a gastronomia local, a informação foi avançada no acto de apresentação do festival.

O evento, que será realizado na principal ilha turística do país, vai reunir chefes internacionais, representantes de unidades hoteleiras, empresários do sector, governantes, turistas e investidores nacionais e estrangeiros.

Segundo António Adão, um dos promotores da actividade, espera-se que o Festival Gastronómico de Cabo Verde, denominado “Sal a Gosto”, se constitua “numa porta aberta” para novas parcerias no sector e num impulso para alavancar o turismo, depois do impacto negativo da Covid-19.

“Este festival vai ser um diferenciador e vai permitir que os privados se engajem muito mais porque vão poder ver os seus investimentos e patrocínios rentabilizados com activações por mais de um ano”, diz.

Um risco necessário

António Adão, que falava durante a sessão de apresentação do festival, reconheceu que investir neste período de incerteza não deixa de ser um risco, mas, sustenta que “não se deve ficar com os braços cruzados”, por considerar ser necessário investir em novas formas de adaptação.

“Investir neste evento vai ajudar não só a recuperar a economia, mas também a trazer novos mercados e novos clientes ao turismo de Cabo Verde. Temos uma gastronomia extremamente rica e temos receitas fantásticas. Esta é, inclusivamente, uma oportunidade para promover e recuperar o receituário gastronómico nacional e para promover novos nichos turísticos”, defende o promotor.

O “Sal a Gosto” já tem o apoio do Estado e um acordo assinado com a Câmara do Sal para a sua realização nos próximos cinco anos. Prevê-se a sua realização nos meses de Agosto e Setembro de 2022.

fonte: Forbes África Lusófona

Notícias

‘Praia Food Fest’ começa na segunda-feira

A cidade da Praia vai acolher nos dias 22 a 27 do mês, a primeira edição do festival de gastronomia “Praia Food Fest”, com a participação de 22 restaurantes da

Ministro do Turismo destaca evento “Sal a Gosto” como forma de fidelizar os clientes do turismo cabo-verdiano

O ministro do Turismo e Transportes disse que o evento “Sal a Gosto” será uma forma de fidelizar os clientes do turismo cabo-verdiano

Festival gastronómico em Cabo Verde vai custar 2 milhões de Euros

O governo cabo-verdiano e empresários locais vão investir 2 milhões de euros no “Sal a Gosto”, Festival gastronómico.

‘Sal a Gosto’ vai promover gastronomia nacional

Este evento gastronómico que vai decorrer no Sal, em Agosto do próximo ano, vai reunir chefes internacionais na principal ilha turística do país